Recuperação ambiental de áreas degradadas e contaminadas

Recuperação ambiental de áreas degradadas e contaminadas

Publicado em:

A recuperação ambiental de áreas degradadas e contaminadas tem como objetivo restabelecer as funções naturais dessas áreas, reduzir os riscos para a saúde humana e proteger a biodiversidade.

Esse processo pode envolver diversas técnicas e estratégias, que variam de acordo com o tipo e o grau de degradação ou contaminação.

Se você se interessa por esse assunto, continue lendo conosco!

O QUE SÃO ÁREAS DEGRADADAS E CONTAMINADAS?

Áreas degradadas ou contaminadas são locais que sofreram alterações significativas em sua estrutura e composição natural devido a ações humanas ou fenômenos naturais, tornando-se prejudiciais ao meio ambiente e à saúde humana. 

Essas áreas podem ser resultado de atividades como mineração, agricultura, indústria, construção civil, entre outras. 

Por isso, a recuperação ambiental se faz necessária e deve ser realizada considerando os impactos causados e os danos resultantes em cada área…

As principais técnicas utilizadas incluem:

  • Recomposição vegetal:  plantação de mudas de espécies nativas da região, visando restabelecer a cobertura vegetal original, reduzir a erosão e o assoreamento de rios e córregos, além de restaurar o habitat de animais e plantas;
  • Biorremediação: utilização de microrganismos e plantas na remoção e neutralização de contaminantes presentes no solo ou água subterrânea;
  • Remoção de solo contaminado:  escavação e remoção do solo contaminado da área degradada, transportando-o para local de disposição final adequado ou  tratamento para remoção dos contaminantes;
  • Instalação de barreiras de contenção: construção de estruturas físicas para impedir a propagação de contaminantes em áreas adjacentes.

Saiba mais sobre as técnicas utilizadas: Técnicas de remediação de áreas contaminadas

Cada técnica tem suas vantagens e desvantagens, e a escolha da técnica mais apropriada dependerá das características da área degradada e dos contaminantes presentes. Muitas vezes, a recuperação ambiental envolve a combinação de diferentes técnicas e estratégias para alcançar os objetivos desejados.

Existem muitos projetos de recuperação ambiental bem-sucedidos em todo o mundo que utilizam uma ampla variedade de técnicas e estratégias para remediar áreas degradadas e contaminadas. Vejamos alguns exemplos.

Projeto de recuperação de Wadi Fukin

Este projeto de recuperação envolveu a restauração de um antigo sistema agrícola em Wadi Fukin, na Palestina, que havia sido degradado devido à urbanização e contaminação. 

A estratégia de recuperação incluiu a remoção de resíduos sólidos, a implementação de técnicas de agricultura orgânica e a construção de uma barragem para reter água. O projeto teve sucesso em restaurar o sistema agrícola e melhorar a qualidade da água.

Projeto de remediação de águas subterrâneas no Japão

Este projeto de recuperação foi desenvolvido na cidade de Amagasaki, no Japão,  onde ocorreu um vazamento de solventes orgânicos clorados que contaminaram as águas subterrâneas da região.

O projeto foi desenvolvido na área industrial da fábrica da Mitsubishi Chemical Corporation, onde a estratégia de recuperação incluiu a construção de um sistema de bombeamento e tratamento de águas subterrâneas, a injeção de produtos químicos para degradar os contaminantes e a remoção de resíduos contaminados. 

O projeto resultou na redução significativa dos níveis de contaminação na área.

Dessa forma, é notável que a recuperação ambiental de áreas degradadas e contaminadas é essencial para que sigamos em busca de tornar o futuro mais sustentável, equilibrado e melhor para todos.

O desenvolvimento de ações como as que acabamos de ver contribuem com a proteção da saúde humana a longo prazo,  preservação da biodiversidade, melhoria da qualidade da água e solo, como também implica na mitigação das mudanças climáticas.

RESPONSABILIDADE SOCIAL

As empresas, governos e outras organizações têm a responsabilidade social e ambiental de remediar as áreas degradadas e contaminadas que foram causadas por suas atividades. 

A recuperação ambiental é uma forma de cumprir essa responsabilidade, melhorando as condições de vida das comunidades afetadas e promovendo um futuro mais sustentável para todos.

O TIME DA HIDROPLAN PODE AJUDAR!

Se você precisa de uma empresa que se preocupa com a sustentabilidade e que tem expertise em recuperação ambiental, a Hidroplan é a escolha certa!

Somos uma empresa pioneira em hidrogeologia de contaminação e em avaliação de risco toxicológico em todo território nacional, além de atuarmos em projetos ambientais buscando soluções sustentáveis e inovadoras! 

Conheça mais sobre nosso trabalho!

REFERÊNCIAS:

Remediação de áreas contaminadas: conceitos, tecnologias e controle ambiental por André Luiz Amarante Mesquita, Valéria Guimarães Silvestre Pereira, e Cristiano Poleto (2017) - Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/315364726_Remediacao_de_areas_contaminadas_conceitos_tecnologias_e_controle_ambiental

Manzini, Flávio Fernando et al. Tecnologias de remediação de solos. Fórum Ambiental da Alta Paulista, v. 07, n. 12, p. 1575-1590, 2011. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/122486

FERREIRA, Célia. Remediação de solos contaminados. 2023. Disponível em:https://repositorioaberto.uab.pt/bitstream/10400.2/13150/1/Remdiacao-solos-contaminados-CeliaFerreira2023.pdf 

TAVARES, SR de L. Técnicas de remediação. 2013. Disponível em: https://www.alice.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/983651/1/Cap2LivroCASilvioTavares.pdf 

A HIDROPLAN, pioneira no país em hidrogeologia de contaminação e meio ambiente subterrâneo, realiza serviços de consultoria, assessoria e gerenciamento de projetos ambientais, focados em soluções ambientalmente sustentáveis e economicamente viáveis, pautados na excelência técnica, ética profissional e inovação tecnológica.

Acompanhe nossas redes sociais

(11) 4612.0480 / (11) 996615747

© 2022 Hidroplan. Todos os direitos reservados.
Versão Web 1.3.