Incentivo à reutilização de áreas remediadas

Incentivo à reutilização de áreas remediadas

Publicado em:

https://horizonteambiental.com.br/wp-content/uploads/2021/12/relacao-de-areas-contaminadas.jpg

Áreas remediadas são áreas que passaram pelo processo de remediação ambiental. Essas áreas podem então adquirir novos usos, visando assim dar um fim específico a áreas que antes encontravam-se contaminadas.

A limpeza do meio ambiente é um foco importante da economia verde. Os locais poluídos por atividade industrial, uso de pesticidas e fertilizantes ou liberação de outros poluentes devem ser limpos para reconstruí-los ou devolvê-los ao seu estado natural.

Nesse texto iremos abordar as principais características de áreas remediadas e apontar medidas para a sua reutilização. Leia o texto até o final para saber mais sobre o tema.

O que é remediação ambiental?

https://a-otc.com/wp-content/uploads/2020/06/top-benefits-feature-1-1.jpg

A remediação ambiental é a remoção da poluição ou contaminantes da água (tanto das águas subterrâneas quanto das águas superficiais) e do solo. 

Esses produtos residuais são removidos para a proteção da saúde humana, bem como para restaurar o meio ambiente. A remediação restaura os terrenos abandonados para redesenvolvimento ou para devolvê-los ao seu estado natural. 

A remediação ambiental é altamente regulamentada e sujeita a uma série de requisitos legais, que geralmente se baseiam em avaliações de riscos à saúde humana e ao meio ambiente.

Os projetos de remediação podem variar desde projetos grandes e de alto custo, até projetos menores e menos onerosos, como a limpeza de um acidente rodoviário em que há derramamento de óleo. 

Os projetos de remediação geralmente começam com uma avaliação do local para determinar os custos do projeto, bem como a tecnologia que seria a mais apropriada para o local específico.

Tipos de remediação ambiental

A remediação ambiental é realizada em vários tipos de materiais, incluindo solo, sedimentos, águas subterrâneas e águas superficiais. 

A remediação da água inclui tanto as águas subterrâneas como as águas superficiais, enquanto a remediação do solo inclui o solo superficial, o subsolo e os sedimentos. A remediação de água é o processo de remoção de contaminantes da água. A água de superfície em lagos, córregos e rios pode ser diretamente contaminada por poluentes lançados diretamente na água ou por escoamento do solo. 

A água subterrânea, que satura o material poroso, pode ser poluída por contaminantes que se infiltram no solo e sedimentos acima dele. Muitas áreas sofrem poluição das águas subterrâneas por materiais residuais que foram descartados ou armazenados incorretamente em terra, onde se infiltraram no solo e acabaram sendo levados para as águas subterrâneas. A poluição das águas subterrâneas também ocorre como resultado de práticas industriais, como mineração ou perfuração de gás natural e petróleo.

A remediação do solo e da água pode ser realizada separadamente ou em conjunto, dependendo do tipo e extensão da poluição. A remediação do solo refere-se a estratégias que são usadas para purificar e revitalizar o solo. A contaminação do solo é causada por muitos dos mesmos fatores que causam a contaminação das águas subterrâneas. 

Muitas vezes, o solo e as águas subterrâneas são contaminados da mesma fonte e ambos devem ser remediados ao mesmo tempo. A contaminação do solo pode resultar de derramamentos de produtos químicos, atividade industrial e uso de certos fertilizantes e pesticidas.

Técnicas de remediação ambiental

A remediação ambiental também pode ser classificada como in situ ou ex situ. Os métodos de remediação in-situ tratam a contaminação no local sem remover o solo, enquanto a remediação ex-situ envolve a escavação do solo ou sedimento e tratamento, antes de devolvê-lo ao seu estado original.

Movimentos em massa, métodos químicos e biológicos são usados ​​para obter a remediação, que normalmente é implementada juntamente com o monitoramento ambiental.

Geralmente, os processos necessários para a remediação ambiental envolvem:

  • Avaliação e remediação ambiental do local
  • Avaliação de risco ecológico e transporte ambiental de radionuclídeos, metais pesados, mercúrio e contaminantes orgânicos
  • Avaliação da qualidade das águas subterrâneas e superficiais
  • Tratamento de água
  • Análise orgânica, inorgânica e radioquímica
  • Teste de toxicidade
  • Revegetação
  • Levantamento ecológico

Importância da remediação ambiental para um possível reuso das áreas

A remediação ambiental é importante por diversos motivos, os quais podem culminar para a reutilização das áreas anteriormente contaminadas, e portanto, sem nenhum uso.

Melhoria do meio ambiente de terras previamente utilizadas 

No planejamento urbano, terrenos abandonados são terrenos atualmente não utilizados, mas que foram previamente desenvolvidos e podem estar contaminados ou poluídos. Por meio de remediação ambiental, tal local pode ser trazido de volta a um estado saudável para uso da comunidade. 

Esse processo permite reverter os impactos negativos sobre a terra. Os ambientes podem se tornar incapazes de se regenerar devido à atividade antropogênica. Um exemplo principal são os efeitos biológicos, químicos e físicos da contaminação por metais no solo. 

Enquanto o solo saudável contém bactérias do solo que promovem o crescimento, a contaminação significativa com metal cria toxicidade para essas bactérias. Seus números se esgotam. Quando há menos micróbios, os nutrientes circulam com menos eficácia e a matéria orgânica se decompõe em um ritmo mais lento. Como a cobertura vegetal requer esses nutrientes, ela se degrada ou não cresce completamente. 

A falta de cobertura vegetal saudável cria um problema adicional: a erosão. Tanto o vento quanto a água podem erodir rapidamente a área, causando mais danos e levando à contaminação por metais em locais vizinhos. 

Exemplos de projetos de redesenvolvimento de maior valor em áreas remediadas são a criação de complexos residenciais em locais de antigos estacionamentos ou ferros-velhos.

Melhoria na saúde humana

A saúde pode ser impactada negativamente pela contaminação da terra por uma ampla variedade de substâncias perigosas – através do solo, da água e/ou do ar. Ao remover ou minimizar a poluição, os serviços de remediação ambiental ajudam os moradores da área a se beneficiarem de uma saúde melhor. Um espectro de doenças e lesões pode ser evitado. 

Esses benefícios para a saúde podem incluir morbidade reduzida (taxa de doença na população) de defeitos congênitos, câncer, náusea, asma e distúrbios do desenvolvimento. 

Quando a terra é remediada e reutilizada, há benefícios para a ecologia e, por sua vez, melhora o bem-estar humano. Esses benefícios ecológicos permitem uma melhor regulação hidrológica através da redução do escoamento. Além disso, ecossistemas renovados podem fornecer água potável, alimentos e outros bens de mercado.

Reuso de áreas remediadas - sustentabilidade no uso territorial

A partir do sucesso de uma remediação ambiental e de todos os processos envolvidos, o reuso e redesenvolvimento da área remediada pode ser realizado, a depender dos fatores legais. 

As opções para reuso da área devem considerar o tamanho da mesma, proximidade da população vizinha, necessidades e desejos da população vizinha, vias de acesso, zoneamento do local ao redor da área, contaminação da área e metas de remediação. 

Um projeto bem planejado e integrado ganha forte apoio das partes interessadas e as transforma em fortes defensores de projetos que integram elementos ecológicos nos futuros planos de reutilização de terras.

A remediação de áreas contaminadas, além de ser uma medida fundamental para a redução dos impactos ambientais gerados, também tem uma importante função no uso territorial sustentável, incentivando assim o seu reuso.  São áreas que podem ser usadas para produzir empregos, habitação, habitat ambiental, recursos minerais, bens agrícolas e outros valores sociais – em, tanto perto e ao redor de um projeto de remediação.

HIDROPLAN - Áreas contaminadas e remediação

Gerenciamos todas as complexidades e responsabilidades associadas à contaminação dos solos e das águas subterrâneas. Tecnologia e expertise para o gerenciamento de passivos ambientais, deixando nossos clientes livres para focar com segurança no futuro de seus negócios.

Saiba mais sobre nossos serviços e entre em contato com o nosso time!

Referências:

https://www.bls.gov/green/environmental_remediation/remediation.htm#:~:text=and%20wage%20data.-,What%20is%20environmental%20remediation%3F,as%20to%20restore%20the%20environment.

https://a-otc.com/top-10-benefits-of-environmental-remediation-services/

https://antigo.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/residuos-perigosos/areas-contaminadas.html

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0169772211000350

https://connect.itrcweb.org/HigherLogic/System/DownloadDocumentFile.ashx?DocumentFileKey=ef486794-5ffa-4467-b1fc-0aadd88bc5cc



A HIDROPLAN, pioneira no país em hidrogeologia de contaminação e meio ambiente subterrâneo, realiza serviços de consultoria, assessoria e gerenciamento de projetos ambientais, focados em soluções ambientalmente sustentáveis e economicamente viáveis, pautados na excelência técnica, ética profissional e inovação tecnológica.

Acompanhe nossas redes sociais

(11) 4612.0480 / (11) 996615747

© 2022 Hidroplan. Todos os direitos reservados.
Versão Web 1.3.